Menu Principal

Brasileira Marina Colasanti é eleita grande vencedora do XIII Prêmio Ibero-Americano, organizado pela Fundação SM

A escritora brasileira Marina Colasanti é a grande vencedora do XIII Prêmio Ibero-Americano SM de Literatura Infantil e Juvenil, criado pela Fundação SM.

A escolha pela escritora levou em consideração sua linguagem poética, elogio à fantasia, domínio do simbólico, releitura dos contos de fada, além da construção de personagens profundos, bem consolidados e portadores de um rico mundo interior. O júri também destacou a universalidade da obra da autora, “seu trânsito e domínio de diversos gêneros literários”, e sua “trajetória como impulsionadora e defensora dos espaços próprios para a literatura infantil e juvenil ibero-americana, bem como sua constante contribuição para a formação de leitores”.

A entrega do XIII Prêmio Ibero-Americano SM de Literatura Infantil e Juvenil acontecerá no dia 28 de novembro, durante a Feira Internacional do Livro de Guadalajara.

O Prêmio Ibero-Americano SM de Literatura Infantil e Juvenil foi criado em 2005 pela Fundação SM, com o propósito de reconhecer e valorizar a atuação de excelência de escritores voltados para crianças e jovens da Ibero-América. O concurso também pretende promover a leitura entre crianças e jovens, falantes das línguas portuguesa e espanhola, como ferramenta para o desenvolvimento social de seus países.

A premiação é realizada, anualmente, em parceria com o CERLALC, a Organização dos Estados Ibero-Americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI), a International Board on Books for Young People (IBBY) e a UNESCO; e conta com o apoio da Feira Internacional do Livro de Guadalajara.

 

Fonte: Lilian Comunica Agência de Comunicação

Plaenge