Menu Principal

Congresso de medicina

o-exame-examinar-diagnostico-diagnosticar-coracao-emergencia-cardiaco-prevencao-pulmao-enfermeira-pulso-pesquisa-ciencia-1298305163588_1024x768Doenças Hepáticas, Pancreopatias e Obesidade serão alguns dos temas debatidos no III Congresso Brasil Central do Aparelho Digestivo, que acontece hoje quinta (07) e sexta-feira (08) no Albano Franco. O evento reúne profissionais da medicina para debater, apresentar e repassar experiências na área da Gastroenterologia, Endoscopia, Cirurgia Digestiva e Hepatologia.

Com o tema inicial Doenças Hepáticas, a primeira mesa de debate do evento empolgou acadêmicos e médicos que estiveram presente. Participaram Dra. Rita de Cássia Ribeiro Baréa como presidente, Dr. Ivan Patricio Reyes Salvador como moderador e palestraram: Dr. Adávio de Oliveira e Silva, Dr. Hugo Cheiquer e Dr. Fabio C. Paes Barbosa. Dr. Barbosa, Cirurgião do Aparelho Digestivo (CRM MS-4710), encerrou a mesa tratando de um assunto delicado, a respeito dos tumores que se espalham de alguma parte do corpo para fígado, as chamadas Metástases Hepáticas.

Além dos palestrantes locais, participam do encontro profissionais de São Paulo, Brasília, Goiás, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Pernambuco. Informações sobre inscrições e programação podem ser obtidas no site brasilcentralgastro2014.com.br.

Conforme avalia o Dr. Thiago Alonso Domingos, Gastroenterologista (CRM MS-4711), o encontro favorece o aprendizado e a troca de experiência, além da atualização científica. Integrando a Comissão Científica do evento, Dr. Domingos irá palestrar sobre as características da Doença Digestiva Eosinofílica do Aparelho Digestivo e participa de uma mesa que trata de um assunto muito comum nas famílias, a Obesidade, a qual preside o debate o Dr. James Câmara de Andrade (CRM MS-1684)

Já o Dr. Carlos Marcelo Dotti, Especialista do Aparelho Digestivo (CRM MS-4812), também integrante da Comissão Científica do evento, palestra sobre a Ecoendoscopia no Diagnóstico das Lesões Pancreáticas. Por ser pioneiro em trazer essa tecnologia para o Estado, Dr. Dotti irá explicar sobre a importância das novas tecnologias na medicina e como tornar o equipamento um aliado.

Doença do Refluxo também é tema do evento, doença muito comum que atinge grande parte da população sem que as mesmas suspeitem do problema, portanto a necessidade em se falar do assunto. Conforme explica Dr. Dotti, uma em cada três pessoas no mundo, pelo menos uma vez na vida, tem algum tipo de refluxo, azia ou queimação, que são os principais sintomas da doença. Entre as palestras da mesa, Dr. César Giovani Conte (CRM MS-5434) irá falar sobre “Falha do Tratamento Cirúrgico da Doença – Como Conduzir?”.

Plaenge