Menu Principal

FROLLAZIN É A FARINHA INTEGRAL IDEAL PARA APLICAÇÕES TIPO “MASSA PODRE”

A ZINI BRASIL acaba de lançar uma tecnologia revolucionária para obter uma farinha de trigo integral, de codinome “FROLLAZIN”, que supera as limitações existentes no processo tradicional.

Criando economia e abrindo novas perspectivas de produção de alimentos integrais no vasto setor do uso da “massa podre”.

 

PREMISSA

O mercado das farinhas integrais está em franco desenvolvimento porque cada vez mais os consumidores são atraídos pelo apelo “alimentação saudável”, que fez redescobrir a importância das fibras na alimentação humana.

Assim a oferta de farinhas integrais tem aumentado consideravelmente, trazendo alguns problemas de conservabilidade aos fabricantes e aos utilizadores desta antiga matéria prima.

Os problemas de Shelf Life têm criado uma grave limitação no consumo destas farinhas integrais, tornando-as mais caras e de complexa introdução. Quando não rejeitadas pelos problemas de qualidade microbiológica e organoléptica que apresentam.

Para os moinhos é um segmento importante, economicamente promissor porque permite valorizar a fração conhecida como farelo do grão (até então só vendido como ração) conseguindo no mercado um preço por tonelada bem superior ao da farinha comum.

A SOLUÇÃO PROPOSTA PELA ZINI BRASIL

Uma linha de última geração com tecnologia trazida da matriz italiana ZINI FLOURS, permite produzir uma farinha que resolve por completo todas as limitações existentes na comercialização da farinha integral.

A primeira fase de implantação do projeto “INTEGRAL FLOUR ZINI” utiliza uma exclusiva tecnologia de pasteurização HTST por shock’s térmicos sucessivos (Tyndall).

Isto permite uma ampla gama de aplicações, dentro do universo de produtos que não requerem atividade do glúten. São os chamados produtos feitos com massa podre.

Já se trabalha no CIF & F da ZINI para estender os resultados, aqui em seguida apresentados, aos produtos da linha pães e massas.

Sempre lembrando que hoje já é perfeitamente possível, e aplicado em vários moinhos na Europa, a operação de produzir farinha integral por reincorporação que nada mais é do que executar a moagem conforme diagrama tradicional de qualquer moinho e submeter só o farelo ao tratamento Tyndall.

Reincorporando o farelo nas mesmas proporções do início do processo de moagem, se obtém uma farinha integral excelente para as aplicações conhecidas em pães, massas e similares.

COMO A ZINI BRASIL REALIZA O PROCESSO

Partindo do grão de trigo lavado, a nova linha de ZINI FLOURS executa 7 operações diferentes, sucessivas e complementares:

– Moagem do grão com moinho de cilindro duplo.

– Seleção granulométrica da farinha assim obtida.

– Inativação enzimática da farinha moída através da autoclave contínua em alta pressão.

– Resfriamento e condicionamento da farinha

– Controle da atividade enzimática e da umidade final da farinha integral.

– Classificação da farinha final afim de reproduzir a original granulometria das farinhas para biscoitos e similares.

– Selagem em embalagem asséptica de uso industrial de 10/25/50kg ou até em big bag de 1 tonelada.

Toda linha instalada pela ZINI BRASIL (com considerável investimento num momento de apostas no mercado) é comandada por PLC e requer mínima intervenção humano. Todos os parâmetros de processo são eletronicamente controlados.

Fonte: ZINI

 

Plaenge