Menu Principal

Panorama da fotografia contemporânea é tema da 11ª SP-Arte/Foto

A 11ª SP-Arte/Foto, que ocorre no JK Iguatemi de 24 a 27 de agosto, com um preview no dia 23, reúne em um só local as principais galerias do país ligadas ao fazer fotográfico, com obras de alguns dos mais importantes artistas da contemporaneidade brasileira e mundial. O evento pretende ainda ampliar o conhecimento daqueles que se interessam pela linguagem.

A edição deste ano da Feira promove uma ampla programação, que contempla uma série de palestras com curadores e especialistas para o debate das perspectivas da fotografia contemporânea no Brasil e no mundo e abriga o lançamento de 20 livros voltados à fotografia.

Visitas guiadas

Pela primeira vez e gratuitamente, a SP-Arte/Foto oferece ao público visitas guiadas com os temas fotografia moderna, contemporânea, documental e fotojornalismo, fotografia expandida e a cidade e a arquitetura na fotografia. Estreitar os laços entre os trabalhos expostos e os visitantes do evento, com foco final em formar público apreciador de fotografia, move a iniciativa, oferecida pela Vivo.
Os seis circuitos se alternarão em nove visitas diárias, com partidas a cada 30 minutos, sempre das 14h30 às 18h30. Para participar, os interessados deverão se inscrever no balcão de visitas guiadas (2o piso da Feira).
A programação com todos os circuitos e horários pode ser conferida no site: http://www.sp-arte.com/foto/programacao/visitas-guiadas/2017/


Talks
Realizada neste ano com patrocínio da Fundação Marcos Amaro, a 4ª edição do Talks ocorre nos dias 24 e 25 de agosto, das 16h30 às 18h30, no Lounge One do JK Iguatemi. As inscrições são gratuitas e o público deve chegar com 30 minutos de antecedência para a retirada de senha. As vagas são limitadas e haverá tradução simultânea do inglês para o português.

Na quinta-feira, 24, Fernanda Feitosa, colecionadora, fundadora e diretora da SP-Arte/Foto, conversa com Artur Walther, colecionador e fundador do The Walther Collection, museu dedicado à promoção da fotografia, com unidades em Neu-Ulm, na Alemanha, e em Nova York, nos Estados Unidos. A perspectiva antropológica da fotografia e a motivação em tornar pública uma coleção particular são alguns dos pontos que serão abordados durante a conversa.
No mesmo dia, a jornalista e crítica de fotografia Simonetta Persichetti conversa sobre os desafios da cena contemporânea com Michael Famighetti, editor da Aperture, revista americana especializada em foto, fundada em 1952.

Na sexta, 25, Paulo Miyada, curador do Instituto Tomie Ohtake, guia um bate-papo com Simon Baker, curador de fotografia da Tate, de Londres. Chefe do departamento de fotografia do museu desde 2009, quando foi criado, Baker é também responsável pela estratégia de expansão do acervo de fotografia da instituição. Na SP-Arte/Foto, comenta o seu papel enquanto curador de um dos centros de arte mais importantes no mundo e reflete sobre a função dos museus na atualidade.


Lançamentos
A 11ª edição da SP-Arte/Foto conta ainda com lançamentos coletivos e assinaturas de fotolivros, a maior parte deles concentrados no espaço da Editora Madalena. Os lançamentos e as sessões de autógrafos se dividem entre os dias 25 e 26 de agosto, no espaço da Feira, no shopping JK Iguatemi.

Entre os destaques, estão os ensaios Linha vermelha, de Inês Bonduki, fotógrafa que articula dois ensaios fotográficos de realidades aparentemente distantes, destacando a proximidade dos corpos neste trabalho; Serra da Ermida 357, de Daniela de Moraes, que aborda questões sobre vida e morte, tragicidade e afetividade, em um projeto que se desdobra em uma trilogia formatada em livro; e Marrocos, registro documental de uma das maiores ocupações sem-teto de São Paulo, realizado pelos fotógrafos Gabi Di Bella e Gui Christ, do coletivo Gringo, ao longo de 2016. Estão também previstos os títulos Missão Francesa, de André Penteado; Farsa Truque Ilusões, de Joaquim Paiva; e Ilha do Ferro, de Celso Brandão.
Paralelamente à Feira, a Galeria Luciana Brito lança Sobras, de Geraldo de Barros, que traz um tributo histórico à trajetória do artista e, ainda, um registro de sua última série fotográfica (dia 25, às 11h, na própria galeria). No JK, no estande da Dan Galeria, o fotógrafo Christian Cravo autografa seu livro recém-lançado, Luz e Sombra, que retrata uma África monumental, resultado de uma imersão do artista por sete países africanos ao longo dos últimos anos (dia 26, às 18h).


Programação pela cidade
Pela primeira vez, o evento firma parcerias com galerias, instituições culturais e ateliês e abraça a programação paralela voltada à celebração da fotografia – fio condutor da movimentação cultural da cidade entre os dias 17 e 27 de agosto.

 

 

Fonte:  Index Assessoria

Plaenge