Menu Principal
02G66804170208_134217

Saiba como evitar sintomas de desidratação nesse verão

02G66804170208_134217

Saiba como evitar sintomas de desidratação nesse verão

Nutricionista consultora da Netfarma ensina como manter o corpo hidratado na estação mais quente do ano

São Paulo, 08 de fevereiro de 2017 – O verão está aí, pleno e poderoso. E se a gente se descuida e não toma bastante água e outros líquidos ao longo do dia, é rápida a chegada de sintomas de desidratação. Sim, você sabia que quando a gente sente sede, o corpo já está ligeiramente desidratado? Então, todo cuidado é pouco. Vamos focar na saúde e no bem-estar?

“Com as temperaturas mais altas e o suor mais frequente, mais do que nunca é preciso tomar alguns cuidados simples para evitar se desidratar. A desidratação é um estado causado pela perda excessiva dos fluidos naturais do corpo, que acarreta inúmeras consequências negativas para o organismo. Embora alguns grupos estejam mais sujeitos a se desidratarem – como os idosos e os trabalhadores que atuam expostos ao sol, por exemplo – qualquer pessoa pode sofrer uma desidratação, e por isso é preciso ficar bem atento”, explica Stéphanie Fontanari, nutricionista consultora da megafarmácia Netfarma.

02G66804170208_134217

Veja dicas da especialista para manter a hidratação neste verão:

  • Beba água com frequência: Coloque o celular para despertar a cada 1 hora, a cada despertada lembre de consumir um copo de 150ml – 200ml de água. “O corpo dá sinais da falta de água. Os principais sintomas são sede, desconforto, irritabilidade, fraqueza, dor de cabeça, tonturas e até cãibras. Quando surge a sede, já há uma certa desidratação. Por isso, devemos evitá-la bebendo bastante água”, explica.
  • Use roupas leves e claras: Devido às altas temperaturas, transpiramos mais que o normal. A vestimenta adequada é essencial. “Excesso de roupas vai estimular mais o suor, fazendo com que a pessoa elimine ainda mais líquidos que o normal e contribuindo para a desidratação”, ela comenta.
  • Hidrate-se antes, durante e após fazer exercícios físicos: Exercitar-se sempre faz bem, mas no verão é preciso redobrar o cuidado com a reposição de líquidos durante as atividades. “Hidrate-se durante o período em que estiver praticando atividade física, levando sempre uma garrafinha consigo. Como durante as atividades físicas transpiramos ainda mais no verão, devemos ingerir mais líquidos para evitar o quadro de desidratação. “É importante repor a perda de líquidos não somente antes e depois dos exercícios, mas também durante toda a atividade”, aconselha.
  • Evite a exposição ao sol em horários de pico: Mesmo ingerindo líquidos, não é recomendável praticar atividades ao ar livre ou ficar horas exposto ao sol nos horários mais quentes do dia. “O melhor período para se expor ao sol é até as 10 horas e após as 16 horas. Fora desse período, é melhor evitar. Não se esqueça do horário de verão”.
Plaenge