Risoto de limão siciliano com filé à milanesa

NOU

O chef Amilcar Azevedo que comanda o restaurante Nou traz para o Cozinhando para o Jeff o delicioso prato de risoto de limão siciliano com filé à milanesa.

Ingredientes do risoto

– 200 g de arroz arbóreo ou carnaroli
– ½ cebola picada
– ½ xícara de vinho branco seco
– 70 g de manteiga
– 50 g de parmesão ralado
– 2 colheres de sopa de suco de limão (siciliano ou taiti)
– 2 colheres de sopa de compota de limão siciliano (veja receita abaixo)
– Caldo de frango ou legumes
– Sal a gosto
– Salsinha picada

Ingredientes da compota 

– 5 limões sicilianos
– 1 kg de açúcar refinado

Modo de preparo da compota

Ferva os limões cortados ao meio por 5 vezes, trocando a água após 5 minutos de fervura. Retire com uma colher o miolo e com uma faca a parte branca da casca do limão, conservando apenas a parte amarela. Corte em julienne bem fino, e cozinhe em calda com 1 litro de água e 1 kg de açúcar por aproximadamente 15 min, ou até que a casca esteja macia e tenha perdido o gosto amargo.

Modo de Preparo do risoto

Refogue a cebola em 20 g de manteiga até ficar translúcida. Refogue o arroz por um minuto, acrescente o vinho, o suco de limão e deixe quase secar. Acrescente uma concha de caldo (só até cobrir o arroz) e a compota de limão. Cozinhe o arroz acrescentando mais caldo, aos poucos, e mexendo sempre. Quando estiver al dente e ainda levemente caldoso (aproximadamente 18 minutos), desligue o fogo e finalize com o restante da manteiga e o parmesão, mexendo vigorosamente para incorporar e deixar bem cremoso (acrescente mais caldo se estiver seco). Incorpore a salsinha e sirva imediatamente.

 

Receita de filé a milanesa

Ingredientes

– 2 escalopes de filé mignon de aproximadamente 100 g cada, batido bem fino
– 2 ovos
– 20 ml de leite
– Queijo parmesão, sal e pimenta a gosto
– Farinha de rosca
– 2 pães franceses amanhecidos
– Óleo de soja, quanto baste para fritar

Modo de preparo

Prepare uma farinha de pão: pique os pães amanhecidos e bata aos poucos no liquidificador ou processador até obter a textura de flocos finos. Tempere os escalopes com sal e pimenta do reino. Passar na farinha de rosca, apertando bem. Passe nos ovos batidos, temperados com sal, pimenta e queijo parmesão ralado. Por último, passe na farinha de pão e aperte bem para a casca não desgrudar. Na hora de servir, frite por imersão em uma frigideira grande e funda, com bastante óleo a aproximadamente 180º C.

O chef:

Amilcar Azevedo tocava saxofone desde criança e acreditava que viveria da música. Tanto assim que se graduou no assunto na Faculdade Santa Marcelina: “Coincidência ou não, minha banda de soul chamava Visite Nossa Cozinha, ainda que não tivesse nada a ver com fogão”. No entanto, ao ser escalado por amigos para cozinhar em eventos, descobriu uma outra profissão. Acabou indo estudar gastronomia no Senac e, logo no princípio, foi contratado pelo Hyatt, onde passou dois anos e meio percorrendo todas as áreas de alimentação do hotel. Saiu dali para abrir o Nou. Em 2007, foi a vez do Mano, casinha de sanduíches bem cuidados vizinha ao restaurante. Além dela, desde 2014, o chef cuida também do Gourmetzinho, uma empresa de papinhas artesanais que estimula o paladar desde a primeira infância.

Sobre o Nou

A casa simpática na rua Ferreira de Araújo, desbravou o Baixo Pinheiros com uma gastronomia descontraída, mas compromissada – com o padrão de qualidade, o entrosamento dos sabores, os preços e o atendimento. Tornou-se sinônimo de cozinha generosa e, naturalmente, tem seus salões, varanda e até calçada repletos de segunda a segunda desde 2008 quando inaugurou. Sucesso há 10 anos que o Nou precisava celebrar. A comemoração veio na forma da nova unidade na concorrida Rua dos Pinheiros. Vale mencionar que durante os almoços, à parte o cardápio, quatro pratos diários dão vida ao convidativo executivo como o medalhão de mignon ao gorgonzola com batata rösti, às quintas, e a moqueca de badejo com farofa de dendê, às sextas.